Como mencionei no ultimo post, hoje falarei sobre a bruxaria.

E já no ultimo post eu comentei que essa pode ser a religião mais antiga do mundo. Sim, a bruxaria é uma religião e quando eu falo que ela pode ser a mais antiga eu não estou falando sobre o caldeirão, as vassouras e etc, eu falo sobre o culto a natureza que é a base da bruxaria.

Já de inicio eu já falo: os bruxos não veneram o diabo! A uma grande diferença entre satanismo e bruxaria. Unir tais coisas é um absurdo.

Depois desse momento “defendendo os bruxos”… vamos ao que interessa:

A bruxaria é uma religião pagã, politeista com base no culto a natureza (como eu disse). Suas divindades principais são duas: a Deusa-mãe e o Deus-córneo.

“O que?! Um Deus com chifres?!! Isso obviamente é o diabo!!!” — Não! A idéia de um deus com chifres pode assustar muita gente, mas isso não significa que ele pode ser considerado um demônio. A imagem de um diabo com chifres foi implantada na nossa sociedade pela própria igreja (pelo próprio cristianismo) e esse Deus-córneo é símbolo de fertilidade desde os tempos de auge da cultura celta, ou seja, é muito fácil pegar a divindade das bruxas e chama-lo de demônio, assim temos uma justificativa para queima-las na fogueira.

O Pentagrama

Creio que não exista símbolo mais conhecido. Esta associada a varias coisas, a varias crenças é algo recorrente. Creio que seu significado original seja a representação do sagrado feminino, de maneira alguma é um símbolo satanista, só foi associado a tal.

Na Wicca, cada uma dos quatro pontos pontos significa um elemento (terra, ar, agua e fogo) e o quinto ponto (o superior) significa o espirito. Ou seja, é um símbolo de equilíbrio.

O Livro das Sombras

Creio que isso também seja recorrente.

O livro das sombras funciona como um diário para o bruxo. Nele são colocados os feitiços, poções, rituais, sonhos, experiências mágicas… bem, entenderam não é?

O livro pode ser comprado, confeccionado artesanalmente, pode ser um fichário, um caderno, e para os mais modernos o livro pode ser até digital. Mas há divergências quanto a isso, os bruxos mais conservadores acham isso um absurdo visto que o livro das sombras deve ser consagrado como qualquer outra ferramenta, ele deve estar presente em alguns rituais… ou seja, não dá.

A Wicca

Hoje em dia, quando se fala de bruxaria você já pode relacionar com a Wicca.

Para ser mais correto este post deveria ser sobre a Wicca visto que os pontos que eu peguei são dela.

O que eu posso dizer é que esta é uma religião de equilibro, vemos isso pelo símbolo que usam (o pentagrama), suas divindades (a união do sagrado masculino e sagrado feminino), o respeito com natureza…

É uma religião iniciatica, com sacerdotes, normalmente se reúnem em convéns, mas ser bruxo não é necessariamente ser Wicca, há varias outras vertentes da bruxaria, a Wicca é só uma delas.

Magia Branca e Magia Negra

Todos já ouvimos falar disso o problema é que entendemos de forma errada.

Não é que exista realmente uma Magia Branca para feitiços benéficos e uma Magia Negra para maldições, não, é sempre a mesma magia. O que acontece é que é denominado o feitiço que promove o bem de magia branca e negra a que faz o mal, então depende do feitiço e não da magia.

A magia seria uma energia da natureza, sendo assim ele é como tudo na natureza: esta em equilíbrio, sendo assim ela não é boa ou má, ela só é, ou seja ela é “neutra”.

Os Magos

Pra ser sincero eu não sei muito bem a diferença entre um mago e um bruxo, eu tenho apenas uma definição que se quer sei se esta correta. Mas ai vai:

Um bruxo é aquele que segue a religião da bruxaria, um pagão, politeísta, com rituais de veneração aos seus deuses. Um mago é aquele que pratica a magia mesmo sem se vincular a uma vertente pagã, e afirmo que existem muitos magos cristãos.

Para um mago o cajado tem tão grande importância quanto a varinha dos bruxos. Sua imagem está sempre associado a de um velho com cabelos e barbas brancas, sábio e ponderado. Quem não se lembra de figuras como Merlin ou Gandolf (Senhor dos Aneis) ou qualquer outro mago.

No Geral

Bem, é obvio que bruxas não comem criancinhas, não voam em vassouras, não são verdes com verrugas (na verdade, a maioria é bem bonita), não veneram o demônio, não sacrificam pessoas, não fazem orgias (até porque o sexo é uma coisa sagrada)…

Além da Wicca existem o xamanismo, o druidismo, e varias outras vertentes, mas tome cuidado ao considerar uma religião como bruxaria ou chamar uma pessoa de bruxa com a intenção de ofende-la. Essa é uma religião como outra qualquer e merece respeito.

É uma pena não poder falar tudo que eu sei, esse é um assunto que me interessa muito! Mas o espaço é pequeno e ninguém tem paciência de ler um livro online, não é mesmo? (realmente, eu deveria escrever um livro sobre o que eu sei — sem querer parecer convencido ¬¬’).

Mas acho que já deu para dar uma boa pincelada. Creio que vou falar sobre o Islamismo no próximo post (mas não é certeza. Mas é islamismo ou judaísmo, um dos dois).

E como eu disse, eu estou abordando superficialmente as religiões, se tiver interesse em saber mais basta me enviar um email (thy4g0.s.a@gmail.com) para discutirmos ou para que eu ti envie o assunto por completo.

Anúncios