Acho que devo começar este post descrevendo o verdadeiro objetivos desta serie. Isso se tornou obvio devido a alguns comentarios nos posts anteriores.

O vídeo e os post satirizam a interpretação literal da Bíblia, não tem a mínima intenção de levar em conta as interpretações dos simbolismos dessas historias.

É, para acima de tudo, ser engraçado. Mas é um humor negro, que mexe com a fé/crença alheia. Por isso eu já alertei no primeiro post para quem se ofende rápido para não continuar. Também recebi criticas de leitores que disseram que meus comentários nos posts são para ridicularizar, que os videos em si são engraçados mas eu sou ofensivo. A questão é que, como eu já disse, os videos por si só já ofendem e se eu não fazer comentários… qual o sentido dos posts?? Não seria mais fácil eu simplesmente só deixar os links dos videos?

Por isso eu vou continuar postando os videos e vou continuar escrevendo meus comentários, doa a quem doer. A imprensa pode machucar mas ela esta ai para representar a liberdade de expressão. Eu não vou me calar por causa de meia dúzia de comentários ofensivos de pessoas que tem uma mente arcaica e imóvel quando o assunto é evoluir intelectualmente. Em contra partida, agradeço ao outro grupo de leitores que viram os posts como eles são, puro humor.

Continuando… hoje teremos “As Loucas Aventuras de Noé”

A Arca de Noé

Bem… o marco para uma Terra corrompida foi quando os filhos de Deus (anjos) começaram a se relacionar com as filhas do homem (mulheres). Um marco que dava inicio a uma geração de gigantes, ao mundo corrompido e completamente violento.

Arrependendo-se de ter criado o homem, Deus resolve matar tudo que é vivo. Mas Deus viu Noé, e viu nele um homem que ainda se mantinha puro. Ordenou a ele a criação de uma arca, para ele, seus filhos e dois animeis de cada espécie. O vídeo brinca com a idéia de Deus matar todos os animais mesmo eles não tendo feito nada, ou o fato de ele salvar dois de cada espécie ao invés de criar outros depois do dilúvio.  Particularmente eu sugeriria encontrar um método para matar todos os homens sem afetar os animais ou qualquer outra vegetação (quantas epidemias não chegaram perto disso?: a Peste Negra, ou a Gripe Espanhola…).

Noé constrói a arca, foi tachado de louco e dois animais de cada espécie vieram a ele. Eu ia comentar sobre as diferentes espécies animais de habitats diferentes, separados por oceanos mas… o vídeo foi bem claro sobre esta parte. E é claro temos Noé alertando os homens sobre o diluivo e eles não ouvindo, chamando-o de alarmista, uma clara parodio do que temos hoje sobre o Aquecimento Global^^.

E choveu por 40 dias e 40 noites. A agua cobriu toda a terra, até as mais altas montanhas ficaram submersas. Depois as aguas retrocederam. Eu não me aguentei de tanto rir quando, no vídeo, as aguas foram removidas da Terra por sucção, e com o barulho de aspirador de pó ai que não me aguentei mesmo. Realmente é estranho que a quantidade agua suficiente para cobrir até o Monte Everest tenha sumido derrepente.

Noé desceu em terra firme e montou um altar para oferecer um holocausto a Deus. Quando eu li essa historia pela primeira vez eu nem me dei conta, mas o vídeo abriu meus olhos para esse detalhe: se só haviam dois animais de cada espécie e logo depois do dilúvio houve sacrifícios… significa que essas espécies foram extintas!

Bem, após tudo isso, depois de ter matar a grande maioria da vida na Terra, Deus vê que o homem não tem solução, por isso não os matará novamente. “Ele matou a todos pelo homem ser mal, e agora, pelo homem ser mal, ele diz que nunca mais fará o mesmo”. E quando, no vídeo, Noé comentou isso, a resposta foi unica, perfeita e inegável: “Não me questione. Eu posso te matar”.

E vale diser que o diluvio não é só uma historia biblica. Ela tem varias versões absurdamente semelhantes em varias culturas. Posso exemplificar o diluvio hinduista, onde um rei chamado Svayambhuva Manu fez o papel de Noé.

Para saber outras historias semelhantes… de uma olhadinha no Wikipedia.

Anúncios